20 maio 2022

A Prefeitura Municipal de Guamaré, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social promoveu nesta quarta-feira, (18) o 9º Fórum Municipal de combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

 A Prefeitura Municipal de Guamaré, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social promoveu nesta quarta-feira, (18) o 9º Fórum Municipal de combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

O evento foi realizado no Centro de Convenções de Guamaré encerrando a programação iniciada no dia 16 com atividades de panfletagem nas ruas do centro e de Baixa do Meio, afim de conscientizar a população sobre a necessidade de proteger as crianças e adolescentes de abusos e exploração sexual.
O dia 18 de maio demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no que diz respeito às violações de Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a data foi instituída pela Lei 9.970/200 e visa a promoção de ações com o intuito de alertar toda a sociedade sobre a necessidade da prevenção à violência sexual.

Pesquisa Exatus: Fátima lidera com 38,8%, Fábio desponta com 13% e Styvenson, 11,8%

 Se as eleições para o governo do Rio Grande do Norte fossem hoje, a governadora Fátima Bezerra (PT) teria 38,8% das intenções de votos, seguida pelo empresário Fábio Dantas (SD) com 13% e, em terceiro lugar, pelo senador Styvenson Valentim, (Podemos), com 11,8% conforme dados da pesquisa eleitoral com foco nas eleições gerais deste ano, realizada pelo Instituto Exatus Consultoria e Pesquisa, em parceria com o jornal AGORA RN, divulgada nesta quinta-feira 19.

http://parnamirimagora.com.br/



CORPO EM AVANÇADO ESTADO DE DECOMPOSIÇÃO É ENCONTRADO EM UMA CASA EM GROSSOS-RN

 O corpo de um homem conhecido até o momento por “Lima de Barroada”, foi encontrado em avançado estado de decomposição na manhã desta quinta-feira (19), dentro de uma residência no Bairro São José, na entrada de Grossos.

Segundo informações, a Polícia Militar (PM) foi acionada por vizinhos que identificaram um forte odor vindo da casa e a ausência dele nos últimos dias. Quando os policiais chegaram ao local, identificaram o corpo dele caído próximo a porta.
A polícia está isolando a área e aguardando a chegada do ITEP, que fará a remoção do corpo para a sede do órgão em Mossoró, onde será necropsiado e em seguida liberado para sepultamento.
 
O Facho de Grossos


HOMEM É MORTO A TIROS NA COMUNIDADE RURAL DE PAU BRANCO EM MOSSORÓ-RN

 Jéferson dos Santos Fernandes de 29 anos de idade, foi morto a tiros no final da noite desta quinta-feira, 19 de maio, crime que aconteceu no Assentamento Pau Branco, zona rural de Mossoró.

Segundo informações, Jéferson, que residia no Projeto de Assentamento Oziel Alves, estava na casa da sogra no Pau Branco, quando foi surpreendido pelos criminosos que chegaram de motocicletas. Ele ainda teria saído correndo, tentando escapar, mas foi seguido e morto a tiros no meio da rua.
A policia militar que foi acionada ao local ainda não tem informações sobre a motivação para o crime e nem os possíveis criminosos.
Mossoró chega a 55 mortes violentas, nas chamadas Condutas Violentas Letais Intencionais “CLVI’s, até o dia 19 de maio de 2022, cinco mortes a mais que no mesmo período em 2021.

Texto/O Câmera



19 maio 2022

Caso Lara: dois meses depois, principal suspeito continua foragido

 Um mês após o corpo de a menina Lara Nascimento, de 12 anos, ter sido encontrado em um matagal entre Campo Limpo Paulista e Francisco Morato, Wellington Galindo de Queiroz, o principal suspeito do crime, continua foragido da Polícia Civil de São Paulo. Ele tem uma extensa ficha criminal, com passagens por tráfico de drogas, associação criminosa, receptação e crime contra o patrimônio. Os sogros e a mãe dele, no entanto, dizem que Wellington é inocente na morte da menina.

Wellington, de 42 anos, dirigia o carro prata que passou pelo local onde a menina desapareceu e também pela região rural em que o corpo dela foi encontrado, a menos de 2 quilômetros da residência da família de Lara. A presença dele foi registrada por câmeras de segurança.

Nesta quarta-feira (18), a investigação teve um progresso importante com a conclusão do laudo necroscópico da vítima. O documento revelou que ela não sofreu abuso sexual e não tinha traços de álcool ou drogas no sangue. O resultado reforça a principal hipótese da polícia para o crime: vingança contra algum membro da família de Lara. 

O paradeiro de Wellington

No início das investigações, Wellington foi identificado e contactado pela polícia. Ele disse aos investigadores que se apresentaria na delegacia caso necessário, porém não deu mais notícias, e as buscas por ele começaram. A prisão preventiva dele já foi decretada pela Justiça.

Em dado momento, os investigadores consideraram a hipótese de fuga para Pernambuco, onde Wellington teria familiares. Ele não foi encontrado na ilha de Itamaracá, e a polícia passou a buscar o suspeito na cidade de São Paulo também. Para a polícia, familiares e amigos podem tê-lo ajudado a se esconder no período em que foi considerado foragido.

Nos dias e semanas seguintes ao crime, a polícia descobriu que o suspeito tinha usado o celular pela última vez pouco depois da morte da menina, perto de uma rodovia na capital. A investigação também registrou que ele esteve em uma lan house para apagar fotos de suas redes sociais. Algumas semanas depois do crime, moradores denunciaram que tinham visto Wellington na região do Itaim Paulista, na zona leste.

A suspeita é que ele não teria saído de São Paulo. De Campo Limpo Paulista, ele pode ter ido direto para a capital, onde vivia com a companheira em um apartamento na zona norte. 

O crime

No dia 16 de março, uma quarta-feira, Lara voltou da escola para casa e, no início da tarde, saiu para ir a uma mercearia próxima para comprar refrigerantes e doces. Ali, perto da casa da família, em Campo Limpo Paulista, foi o último local onde foi vista. Ela foi encontrada morta no sábado, três dias depois, em um matagal na divisa da cidade com Francisco Morato.

O laudo preliminar indicou a morte por traumatismo craniano, confirmada posteriormente: foram quatro pancadas na cabeça com um objeto similar a um martelo ou picareta; não havia sinais de violência sexual.

Outras pessoas foram investigadas pela polícia, como um tio de Lara, que da prisão escreveu uma carta negando participação na morte da sobrinha, e o ex-padrasto do pai da menina, que cobrava uma dívida da família e também disse não ter relação com o crime.

Segundo pessoas próximas a Wellington, ele diz que não cometeu o crime e não quer se entregar porque não confia na Justiça brasileira. Ele já ficou cerca de cinco anos preso em Pernambuco por causa de um assalto, segundo relatos da mãe dele ao Cidade Alerta, da Record TV.



CABO DA PM/RN PASSA MAL E MORRE APÓS TESTE FÍSICO

 Nesta quarta-feira (18), o Cabo Rubens de Oliveira Aleixo morreu em decorrência de um infarto. Após se submeter a um Teste de Aptidão Físico (TAF) para participar do Curso de Patrulha Rural, o PM se sentiu mal e teve que ser atendido. Ao final da tarde, ele não resistiu e veio a óbito.

Natural de Caicó, o Cabo Aleixo estava na Polícia Militar do RN desde 2009, e atualmente trabalhava no Grupo Tático Operacional do 6º Batalhão de PM lotado no município.
Em nota, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED) lamentou o falecimento do cabo, “externando aos amigos, familiares e companheiros de farda, os nossos sentimentos de profundo pesar”.

TCM


Enterro dos policiais rodoviários federais mortos na BR-116 acontece nesta quinta-feira (19)

 O enterro dos dois policiais rodoviários federais mortos na BR-116, em Fortaleza, está previsto para esta quinta-feira (19). O velório teve início ainda na noite desta quarta-feira (18), na sede da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Ceará.

Os agentes mortos na manhã estavam na corporação há mais de 15 anos. Márcio Hélio Almeida de Souza (52) e Raimundo Bonifácio do Nascimento Filho (43) faziam parte do Grupo de Motociclismo Regional (GMR), da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os agentes integravam motopatrulhamento e escoltas de autoridades.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, os dois policiais que estavam patrulhando a via retiraram um homem em situação de rua que transitava entre os carros. Após ser abordado, o homem tomou a arma de um dos policiais e os matou.

Policiais rodoviários federais mortos na BR-116

Márcio Hélio

Nascido em Baturité, o agente atuou no Ceará e em Roraima. O policial tinha um filho. Márcio Hélio começou a integrar a PRF em 2006.

Raimundo Bonifácio

Natural de Viçosa do Ceará, o policial trabalhou ainda nos estados do Maranhão e Roraima. O agente de segurança deixa duas filhas. Raimundo Bonifácio fazia parte do corporação desde meados de 2005.

O crime

Os agentes tiveram os óbitos atestados ainda no local do crime, a BR-116, pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O homem que atirou contra os dois policiais também foi atingido e morreu no local. As mortes dos policiais rodoviários federais na BR-116 serão investigadas pela Polícia Federal.

O atirador

O andarilho suspeito de matar os dois policiais não possuía antecedentes criminais. Antônio Wagner Quirino da Silva, de 31 anos, foi identificado por meio de necropapiloscopia, técnica utilizada por meio das impressões digitais.

http://www.sobralonline.com.br/



Estados Unidos confirmam primeiro caso de varíola do macaco

 O governo do estado americano de Massachusetts confirmou nesta quarta-feira (18) o primeiro caso de varíola do macaco. O paciente é um homem adulto que tinha histórico de viagem recente ao Canadá.

Autoridades sanitárias estão rastreando contatos próximos dele para tentar seguir a cadeia de transmissão do vírus.

"O caso não apresenta risco para a população, e o indivíduo encontra-se internado e em boas condições", disse o Departamento de Saúde Pública de Massachusetts em comunicado.

O anúncio ocorre no momento em que a Europa registra casos confirmados e suspeitos de varíola do macaco. No Reino Unido, sete pacientes foram diagnosticados com a infecção; em Portugal, houve cinco confirmações e 20 suspeitas; a Espanha investiga 23 casos.

O vírus é transmitido normalmente de roedores para humanos, mas a transmissão entre pessoas pode ocorrer por meio de contato próximo. 

O que é a varíola do macaco, doença que deixa países europeus em alerta

Espanha e Reino Unido consideram que a via sexual possa ter sido a forma como o vírus se espalhou entre os pacientes daqueles países. 

A Agência de Segurança Sanitária britânica informou que "os casos recentes foram em gays, bissexuais e outros homens que fazem sexo com homens. A varíola do macaco pode ser passada por meio de contato próximo, incluindo atividade sexual. Homens nessas comunidades devem ficar atentos aos sintomas".

“De modo geral, a transmissão da varíola do macaco é respiratória, mas as características dos oito casos suspeitos em Madri apontam para o contato com fluidos. Os oito casos são de homens que fazem sexo com homens. Eles estão bem, mas essa doença pode exigir tratamento hospitalar”, afirmou o porta-voz do Departamento de Saúde de Madri em entrevista ao jornal britânico The Guardian.

Todavia, o CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doença) dos Estados Unidos afirma que "qualquer pessoa, independentemente da orientação sexual, pode espalhar a varíola por meio do contato com fluidos corporais, feridas da varíola ou itens compartilhados (como roupas e roupas de cama) que foram contaminados com fluidos ou feridas de uma pessoa com varíola". 

"A varíola do macaco é uma doença viral rara, mas potencialmente grave, que normalmente começa com uma doença semelhante à gripe e inchaço dos gânglios linfáticos e progride para uma erupção cutânea generalizada no rosto e no corpo. A varíola do macaco ressurgiu na Nigéria em 2017, após mais de 40 anos sem casos relatados. Desde então, houve mais de 450 ocorrências na Nigéria e pelo menos oito casos exportados internacionalmente", explica o órgão. 



Viva a ciência! Estudos desenvolvidos pela Universidade Federal do Ceará chegaram a um novo recurso no combate à infecção pelo coronavírus. Dessa vez, a invenção são moléculas sintéticas criadas a partir de proteínas de plantas chamadas de Arabidopsis Thaliana

 Estudos desenvolvidos pela Universidade Federal do Ceará chegaram a um novo recurso no combate à infecção pelo coronavírus. Dessa vez, a invenção são moléculas sintéticas criadas a partir de proteínas de plantas chamadas de Arabidopsis Thaliana.

As moléculas foram trabalhadas em laboratório e, segundo a instituição, possuem alto potencial farmacológico. Além disso, as partículas têm a capacidade de frear e neutralizar a infecção pelo vírus no organismo.
O processo aconteceu em duas etapas. A primeira foi realizada em 2020, por uma equipe de pesquisadores do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos da UFC. Nessa etapa, a eficácia foi comprovada através de uma simulação da ação das moléculas do tipo peptídeos, no bloqueio do coronavírus.
Já na segunda etapa, os pesquisadores validaram a capacidade das moléculas de impedir a entrada do vírus na célula humana através de uma proteína chamada Spike, responsável pela entrada do vírus na célula. Após isso o vírus é neutralizado e a sua replicação finalizada.

Motociclista morre ao colidir com caminhão em Emaús

 Um motociclista morreu na tarde desta quarta-feira (18) após colidir na traseira de caminhão na BR-101 Sul, no bairro de Emaús, em Parnamirim. O motociclista ainda não identificado morreu na hora. O Trânsito segue complicado na pista a altura do Super Fácil em Parnamirim.

Em depoimento aos policiais rodoviários federais o motorista do caminhão disse que só percebeu o impacto da batida e não sabe o que pode ter causado o acidente.

https://parnamirimagora.com.br/.../motociclista-morre-ao.../



VEJA QUEM É O HOMEM QUE MATOU OS DOIS POLICIAIS EM FORTALEZA

 Pedro Martins dos Santos é nome do homem que atirou e matou os dois policiais rodoviários de Fortaleza, na manhã desta quarta-feira (18).  Com uma longa ficha criminal, o assassino era natural de Goiás e tinha 33 anos.

Os dois agentes não resistiram aos ferimentos e morreram no local. Imagens mostram Pedro Martins perambulando na BR depois de matar os dois policiais rodoviários.

Veja abaixo a longa ficha criminal de Pedro Martins.




FUNCIONÁRIO DA CAERN É MORTO A TIROS NO PÁTIO DA EMPRESA EM RODOLFO FERNANDES-RN

 Um funcionário da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) foi morto a tiros no pátio da empresa, em Rodolfo Fernandes, na tarde desta quarta-feira (18).

A vítima foi identificada como Francisco Nilton de Carvalho, 52 anos. De acordo com a Polícia Militar, ele foi surpreendido por um atirador quando chegava para trabalhar. Ele foi atingido por vários disparos e morreu no local.
Em nota, a Caern informou que Francisco trabalhava na companhia há 32 anos. "O caso está sendo investigado pela polícia. A diretoria, consternada com o ocorrido, solidariza-se com amigos e familiares", diz a nota.
Após o crime, a PM fez diligências na região, mas ninguém foi preso. A motivação do crime é desconhecida.
 
G1-RN


Relatório independente adverte despreparo mundial para nova pandemia

 Os esforços de reformas para prevenir a ameaça de novas pandemias são lentos e fragmentados, o que deixa o mundo pouco preparado, como quando surgiu a Covid-19, adverte um relatório independente divulgado nesta quarta-feira (18).

Há um ano, um grupo de especialistas apresentou um relatório crítico na Assembleia anual da OMS (Organização Mundial da Saúde), o qual afirmava que a má coordenação e as decisões equivocadas permitiram que a pandemia de Covid atingisse uma escala catastrófica.

Na época, o grupo independente, copresidido pela ex-primeira-ministra da Nova Zelândia Helen Clark e pela ex-presidente da Libéria Ellen Johnson Sirleaf, elaborou uma lista de medidas necessárias para superar a Covid e garantir que o mundo estivesse mais bem preparado para enfrentar ameaças futuras.

Em relatório de avaliação redigido um ano depois, no entanto, o grupo, que não está mais ativo, adverte que o mundo continua "brincando" e que a inação está criando "as bases para outra pandemia".

"Temos, em grande medida, as mesmas ferramentas e o mesmo sistema que existia em dezembro de 2019 para responder a uma ameaça pandêmica", disse Clark à imprensa. "E não eram suficientemente bons", completou.

Clark, porém, elogiou a constatação de que o "trabalho de transformação necessário em nível mundial para prevenir a próxima pandemia já começou", apontando como os novos mecanismos criados após o surgimento da Covid possibilitaram a entrega de 1,5 bilhão de doses de vacinas aos países mais pobres.

Também elogiou os esforços em curso para diversificar a produção de vacinas e medicamentos antivirais.

Um acordo ainda é aguardado para que a OMS tenha à disposição um financiamento mais seguro e flexível, ao mesmo tempo em que são traçados planos para a criação de um fundo específico para pandemias.

Mudanças estão sendo estudadas nas regras sanitárias internacionais, assim como um novo "instrumento jurídico" — como um tratado ou outra forma de acordo — para simplificar a abordagem mundial de preparação e a resposta a uma pandemia.

Mas Clark advertiu que todas as mudanças acontecem em ritmo muito lento e que as modificações no orçamento da OMS não devem ser plenamente aplicadas por quase uma década.



18 maio 2022

Gabriel Monteiro se torna réu por filmar sexo com adolescente

 A Justiça do Rio aceitou a denúncia do MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) contra o vereador Gabriel Monteiro por ter filmado ato sexual com uma adolescente de 15 anos. A decisão do juiz Marcelo Almeida de Moraes Marinho é do dia 2 de maio.

Com a decisão, Monteiro se torna réu e tem dez dias para apresentar a defesa e indicar testemunhas e provas que vai produzir.

MP ofereceu a denúncia em abril, depois que o vídeo vazou na internet. Em depoimento à Polícia Civil, o vereador alegou inocência no caso de relacionamento sexual com a adolescente e do vazamento de imagens do ato.

Procurada pelo R7, a defesa de Gabriel Monteiro disse que "conforme depoimento da suposta vítima, já divulgado pela imprensa, a mesma afirmou à época ao vereador possuir 18 anos de idade". A defesa disse ainda que vai apresentar todas as provas, "cumprindo o ritual do processo em curso".

Quebra de decoro

Monteiro também responde a um processo por quebra de decoro parlamentar na Câmara dos Vereadores. No próximo dia 25, dois ex-assessores vão depor, como testemunhas, no Conselho de Ética da Casa.

Heitor Monteiro de Nazaré Neto e Vinícius Hayden Witeze serão ouvidos na condição de testemunhas de acusação.

Também estão previstas oitivas de outras duas pessoas, que ainda não foram definidas, no dia 1º de junho, segundo informações da Casa.

Já Gabriel Monteiro não indicou testemunhas em sua defesa. Sendo assim, o conselho resolveu dar um prazo de dois dias úteis ao parlamentar para apresentá-las.



Laudo da polícia confirma que Lara não foi violentada sexualmente

 A menina Lara Nascimento, encontrada morta em 19 de março passado, não foi violentada sexualmente, segundo o laudo sobre o óbito. O documento, obtido com exclusividade pelo Balanço Geral, também informa que não havia álcool nem drogas no sangue da menina.

O documento demorou dois meses para ficar pronto. A principal hipótese para o crime é vingança. O agressor teria a intenção de atingir alguém da família de Lara ao raptá-la e matá-la. 

Com a confirmação de que não houve abuso sexual, o advogado da família, Fábio Costa, acredita que o crime tenha sido motivado por vingança. Ele também defende a ideia de que o suspeito conhecia a menina, uma vez que não precisou dopá-la. 

A mãe de Lara, Luana de Oliveira, ainda está abalada e continua procurando respostas para o assassinato da filha, que havia acabado de completar 12 anos.

Desaparecimento e confirmação da morte

No dia 16 de março, uma quarta-feira, Lara havia voltado da escola, chegado em casa e, no início da tarde, saído para uma mercearia próxima para comprar refrigerantes e doces. Ali, perto da casa da família, em Campo Limpo Paulista, foi o último local onde ela foi vista antes de desaparecer.

Ela foi encontrada morta no sábado, três dias depois, em um matagal no limite da cidade com Francisco Morato.

O laudo preliminar indicou a morte por traumatismo craniano, confirmada posteriormente: foram quatro pancadas na cabeça com um objeto similar a um martelo ou picareta. Não havia sinais de violência sexual.

Wellington Queiroz, o homem que dirigia o carro prata flagrado pelas câmeras no local onde a menina desapareceu e o corpo foi encontrado, é o principal suspeito do crime. Ele teve a prisão preventiva decretada e continua foragido.